OMS declara República Democrática do Congo livre da epidemia de ebola

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de novembro de 2014

OMS

A República Democrática do Congo erradicou o vírus ebola, anunciou hoje (21), em Genebra, a Organização Mundial da Saúde (OMS). No comunicado, a OMS diz que nesta sexta-feira, o país africano completou 42 dias sem novos casos e é considerado livre de transmissão do ebola.

De acordo com a organização, declara-se o fim da epidemia de ebola quando nenhum novo caso é detetado durante 42 dias, duas vezes o tempo de incubação do vírus (21 dias). A A 24 de agosto, o governo congolês declarou o surto de ebola em Jeera, na província de Equateur – o último caso detectado e considerado negativo, após testes, foi há 42 dias, infromou a OMS.

As autoridades de Kinshasa anunciaram domingo (16) o fim da epidemia, que provocou 49 mortes no país. Segundo o ministro da Saúde congolês, Félix Kabange Numbi, a República do Congo criou um primeiro, formado por 180 pessoas especializadas na luta contra o ebola, que está "pronto para intervir na Guiné-Conacri, em Serra Leoa, na Libéria e no Mali", países mais afetados pela doença.

No entanto, ressaltou Kabange em entrevista coletiva, "o fim da epidemia (...) não significa que o perigo está totalmente ultrapassado", porque o Congo "continua, como todos os outros países, sob a ameaça de casos de importação da doença”, sobretudo a partir do Oeste de África. Segundo o último balanço da OMS, a doença matou 5.420 pessoas em oito países, nos quais foram identificados 15.145 casos de infeção desde dezembro do ano passado.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati