Novas restrições devido ao COVID na Europa

16 de dezembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Mais países europeus estão adotando restrições. A Itália exigiu nesta semana testes negativos de visitantes vacinados no país. Portugal tem uma medida semelhante em vigor. Muitos países europeus têm um bloqueio virtual para os não vacinados e estão lutando para aumentar os programas de reforço de vacinas. E mais governos, incluindo o alemão, estão propondo ou considerando vacinas obrigatórias.

A Áustria e a Itália já planejam impor multas pesadas às pessoas elegíveis que não forem vacinadas.

Pessoas com mais de 65 anos na França estarão sob controle efetivo a partir de quarta-feira, caso não tenham recebido uma terceira dose de reforço da vacina.

O passe de saúde da França não será mais válido para os idosos que não receberam uma terceira dose, exceto aqueles que não receberam reforço de visitar restaurantes ou cafés ou tomar trens intermunicipais. Eles também serão proibidos de visitar espaços culturais como cinemas ou museus.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, alertou na quarta-feira que a União Europeia enfrenta um duplo desafio, com um aumento maciço de casos Delta nas últimas semanas e a ameaça de Omicron se aproximando. “Estamos vendo um número crescente de pessoas adoecendo, um fardo maior para os hospitais e, infelizmente, um aumento no número de mortes”, disse ela aos legisladores do Parlamento Europeu.

Fonte