No primeiro dia de eleições no Egito, uma pessoa morre e várias ficam feridas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

23 de maio de 2012

Brasília - O clima hoje (23) durante as eleições no Egito é tenso e violento. Pelos dados oficiais, pelo menos um policial foi morto e várias pessoas ficaram feridas durante confrontos entre eleitores de candidatos adversários e agentes do governo, na cidade do Cairo, capital do país. Cerca de 51 milhões de eleitores são esperados nos dois dias de votação – hoje e amanhã (24). Na disputa, 12 candidatos concorrem à Presidência da República.

Há 15 meses, uma Junta Militar governa o Egito. Manifestantes, no entanto, queixam-se do governo informando que há privilégios aos militares e dificuldades para pôr em prática medidas democráticas. Autoridades brasileiras acompanham o processo eleitoral no país e devem se manifestar oficialmente depois do segundo turno.

Há, ainda, dúvidas sobre o processo de transição política no país. O marechal Hussein Tantawi, chefe da Junta Militar, disse que pretende fazer a transmissão do cargo ao presidente eleito em junho. Especialistas apostam que haverá segundo turno nas eleições do país, em 16 e 17 de junho.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati