No primeiro dia de eleições no Egito, uma pessoa morre e várias ficam feridas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

23 de maio de 2012

Brasília - O clima hoje (23) durante as eleições no Egito é tenso e violento. Pelos dados oficiais, pelo menos um policial foi morto e várias pessoas ficaram feridas durante confrontos entre eleitores de candidatos adversários e agentes do governo, na cidade do Cairo, capital do país. Cerca de 51 milhões de eleitores são esperados nos dois dias de votação – hoje e amanhã (24). Na disputa, 12 candidatos concorrem à Presidência da República.

Há 15 meses, uma Junta Militar governa o Egito. Manifestantes, no entanto, queixam-se do governo informando que há privilégios aos militares e dificuldades para pôr em prática medidas democráticas. Autoridades brasileiras acompanham o processo eleitoral no país e devem se manifestar oficialmente depois do segundo turno.

Há, ainda, dúvidas sobre o processo de transição política no país. O marechal Hussein Tantawi, chefe da Junta Militar, disse que pretende fazer a transmissão do cargo ao presidente eleito em junho. Especialistas apostam que haverá segundo turno nas eleições do país, em 16 e 17 de junho.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati