No Ceará, policiais encerram greve

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

2 de março de 2020

Em destaque, o estado do Ceará

Após quase duas semanas de greve, os policiais militares do Ceará, que exigiam aumentos salariais, decidiram ontem, 1º de março, pelo fim da paralisação. Eles aceitarem uma proposta feita por uma comissão de negociação formada por membros dos Três Poderes, no entanto não tiveram atendida a reivindicação de "anistia" para todos os envolvidos no episódio pelo governo do estado.

A greve levou a um grande aumento no número de crimes cometidos no estado, sendo que entre os dias 19 e 25 de fevereiro ao menos 195 pessoas foram assassinadas, quando antes a média era de 8 mortes por dia.

Ainda no dia 21, o Governo Federal havia aprovado uma medida para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no estado como forma de conter a violência, concedendo provisoriamente aos militares a faculdade de atuar com poder de polícia até o restabelecimento da normalidade. A medida havia sido prorrogada no dia 28 de fevereiro, com validade até o dia 06 de março.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com