Nepal proclama a república

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de maio de 2008

Os partidos políticos do Nepal aprovaram nesta quarta-feira (28) a abolição da monarquia e a formação de uma república no país. A decisão histórica pôs fim a 240 anos de regime monárquico e foi celebrada nas ruas da capital, Katmandu.

Os maoístas do Nepal, republicanos, combateram durante 10 anos o antigo rei Gyanendra, muito impopular, conquistando a maioria das cadeiras da assembléia constitucional nas eleições de abril último. O governo estabeleceu o prazo de 15 dias para o rei deixar o palácio onde vive. O monarca fez poucos comentários sobre seus planos futuros, mas afirmou que pretende permanecer no país.

A queda do rei Gyanendra marcará o fim da única monarquia hinduísta do mundo. Ele assumiu o trono após uma tragédia, em que o seu sobrinho e herdeiro Dipendra matou o rei Birendra, a rainha Aishwarya e mais seis membros da família real e depois suicidou-se, aparentemente sob efeito de drogas e álcool.

A Assembléia Constituinte tem um prazo de dois anos para apresentar o esboço de uma nova Constituição


Fontes