Natal Solidário do CEA-DF

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de dezembro de 2010

Varejão da pedra do CEASA/DF

"O varejão da pedra vai funcionar no dia 24, sexta-feira, não vai funcionar no sábado, dia 25, porque dia 25 é natal. Atenção, repetindo, o Varejão da pedra..."

Absorto escolhendo a batata mais bonita, atento aos tomates e cebolas, ouvi o locutor da rádio do CEASA prevenindo os consumidores...

"Atenção, no sábado, dia 25, o varejão da pedra não vai funcionar..."

Curioso, resolvi visitar a cabine de transmissão e tentar descobrir algum outro detalhe. Pelo vidro, o locutor fez um gesto para que eu entrasse na cabine.

Assim que entrei, pediu meu silêncio e ligou o microfone...

Segurança mesmo é alimentar

"Dez e vinte cinco! E está acontecendo neste exato momento em frente ao CEA, na entrada principal da CEASA, o Natal Solidário dos empresários da CEASA. Os empresários mobilizaram diversos ônibus, foram buscar famílias carentes de todo o Distrito Federal e nesse momento várias famílias carentes estão na entrada principal do CEASA, há vários toldos brancos, nesse momento, você dona de casa que está fazendo suas compras, quando passar por ali na saída principal da CEASA vai ver aquele movimento todo, crianças brincando, há um parquinho montado..."

Mesa de frutas no Natal Solidário

E continuou: "Nesse momento acontece o café da manhã doado pelos empresários do CEASA, frutas, muitas frutas, sucos, café, leite, pão para as crianças e os pais... e também as crianças carentes brincam à vontade em um parquinho especialmente montado... Você também pode ajudar. Quando terminar suas compras, dê uma passadinha, na saída você vai ver esses toldos brancos, dois, três toldos e uma movimentação grande, é o Natal Solidário, promovido pelo CEA, tem o apio da Rádio Açussena, Associação dos Empresários aqui da CEASA, da Associação dos Produtores de Horti-fruti granjeiros do DF e da COPERFIN, leve lá seu abraço solidário. Realizaçao CEA-DF, apoio Comercial Ki-frut, ADF Comercial e Comercial Fortaleza...Confira a hora certa, agora são dez e vinte sete."

10 toneladas arrecadadas

Assim como várias outras pessoas, de fato passei lá para ver a movimentação. Depois de conversar com várias pessoas, assistir apresentação de capoeira, olhar menino no pula-pula e no escorregador inflável, apreciar a mesa farta de frutas e me encontrar com o presidente do CEA-DF, que aliás me contou da luta para manter o controle do CEASA contra o ex-controlador, o GDF, fui finalmente apresentado ao responsável direto pelo evento, o Diretor Técnico Antônio Felipe Marteleto, que com voz firme e decidida me contou detalhes do evento:


"Bem, durante o ano, a gente começou um projeto chamado Banco de Alimentos, a gente arrecadou de produtores e donos de boxes da CEASA alimentos que já estavam num grau de amadurecimento que não poderiam ser mais comercializados, mas sim consumidos. Depois a gente cadastrou entidades que não têm ajuda governamental e fossem independentes financeiramente, que precisavam mesmo de ajuda, pessoas que ajudam pelo prazer de ajudar... Então todos os alimentos que a gente arrecavada durante a semana, a gente doava pra essas entidades.

Papai Noel, alegria de todos

E a idéia desse CEA Solidário foi trazer essas pessoas carentes aqui pra elas conhecerem de onde vem o alimento, o trabalho que a gente está fazendo e fazer essa alegria dessa gente com distribuição de brinquedos, o Papai Noel chegando, tudo com o aspecto de entretenimento para eles. E o projeto do CEA Solidário-Banco de Alimentos não vai parar. Ano que vem vai continuar, a gente quer colocar Alfabetização de adultos, Creche, Inclusão Digital,é,,, Sopa,,, a gente está fechando parcerias com entidades que têm o mesmo propósito, pra que a gente tenha mais força e ajudar a quem realmente precisa.

- Quantos quilos vocês arrecadaram hoje?

- Hoje, aproximadamente 10 toneladas. E tem de tudo, é bem variado, legumes, verduras, frutas, tem banana, laranja, beterraba, pepino, cebola, vagem, mandioca,

Olhando para a pilha de sacos ele foi relembrando... "abacaxi, mamão, tomate, abobrinha, tem um pouco de tudo...

O locutor da Rádio Açussena tinha razão, valeu a pena conferir de perto o Natal Solidário. Que todos tenham um natal bem variado e tão farto quanto esse!


Fontes

Reportagem original
Esta notícia contém reportagem original de um Wikicolaborador. Veja a página de discussão para mais detalhes.

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati