Nampula: Assembleia decidirá o futuro do município em sessão extraordinária

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

12 de outubro de 2017

Partidos com representação na assembleia esperam que a substituição de Amurane seja baseada na lei.

A Assembleia Municipal de Nampula reúne amanhã em sessão extraordinária, na qual poderá declarar o impedimento do presidente do Conselho Municipal Mahamudo Amurane, assassinado a tiros no último dia 4.

Os partidos com representação na assembleia esperam que a decisão seja com base na lei.

O jurista Feliciano Metazama cita a lei de autarquias locais de 1997 para sustentar que faltando menos de um ano para as próximas eleições autárquicas a presidência do Município será interinamente assumida por Manuel Tocova, presidente da assembleia municipal.

Metazama ressalvou que tal carece de uma decisão final do ministério de tutela.

Na semana passada, o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições, Paulo Cuínica, afirmou que haverá lugar para uma votação intercalar.

Mas o presidente da Comissão Provincial de eleições, Daniel Ramos, disse à VOA que “neste momento não podemos dizer nada, porque não temos nenhuma informação”.

Mahamudo Amurane foi assassinado no dia da paz, 4 de outubro. A polícia diz que iniciou a investigação.

O edil foi morto faltando um pouco mais de um ano para as próximas eleições autárquicas no país, que será a 10 de outubro de 2018.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati