Na França, mais de 72% dos eleitores vão às urnas para escolher entre Sarkozy e Hollande

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

6 de maio de 2012

França —

A disputa acirrada na França entre o atual presidente Nicolas Sarkozy e o socialista François Hollande levou 72,96% dos 46 milhões de eleitores às urnas hoje (6). O percentual foi mais elevado do que no primeiro turno, em março, segundo o Ministério do Interior francês. No país, a votação não é obrigatória. A expectativa é que ainda neste domingo seja conhecido extraoficialmente o nome do vitorioso.

As equipes de campanha de Hollande e Sarkozy já organizaram as festas da vitória. Em caso de vitória, a festa dos socialistas será realizada na Praça da Bastilha. No local, há mais de 30 anos, os eleitores do também socialista, o ex-presidente François Mitterrand, celebraram a vitória. Os aliados de Sarkozy planejaram uma festa na Praça da Concórdia, na qual foram instaladas estruturas para um palanque, que será usado pelo eleito.

As primeiras zonas eleitorais do território francês fecharam às 18h (13h de Brasília), nas cidades menores, e às 20h (17h de Brasília) serão concluídas as atividades nas cidades maiores, como Lyon, Marselha e a capital Paris. Em seguida, devem ser anunciados, de forma extraoficial, os resultados. O resultado oficial deve sair no dia 17.

Pela primeira vez na história recente da França, um presidente não obteve o apoio de oito candidatos derrotados no primeiro turno. De acordo com analistas políticos, os indecisos é que definirão os resultados das eleições. No primeiro turno, o socialista saiu na frente com 28,6%, enquanto Sarkozy obteve 27,06% de votos.

Fonte