Não há registo de vítimas nem danos mais graves após terremoto que atingiu Sul do Chile

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

4 de janeiro de 2011

O Sul do Chile sofreu anteontem (2) um terremoto de 6,5 graus na escala Richter, segundo o Escritório Nacional de Emergências do Ministério do Interior (Onemi) do país. Porém, a entidade descartou a possibilidade de tsunami. Não há registros de vítimas e danos graves. Os tremores de terra foram registrados por volta das 17h21 nas regiões de Bío Bío, Maule, O'Higgins, La Araucanía e Los Lagos.

Os abalos foram percebidos também em Bariloche e San Martin de los Andes, na Argentina. De acordo com Departamento de Sismologia da Universidade do Chile, a magnitude do terremoto foi de 6,5 graus na escala Richter e com uma referência geográfica de 149 quilômetros a oeste da cidade de Tirúa.

Em áreas próximas ao epicentro dos tremores houve cortes parciais de eletricidade e linhas telefônicas. Às 3h da manhã de ontem (3) houve um terremoto de 3 graus na escala Richter no Norte do país e 4 graus na área central do Chile atingindo também Viña del Mar e Valparaíso.

Segundo o Serviço Sismológico dos Estados Unidos, o terremoto foi centrado em Concepción, no Sul do Chile – nas cidades de Talca, Temuco, Valdivia. Nas regiões de Bariloche e Rio Negro, na Argentina, também foram percebidos os efeitos dos abalos.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati