Mulheres são nomeadas para equipe de transição de Bolsonaro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de novembro de 2018

Pelo menos quatro mulheres vão compor a equipe de transição do governo de Jair Bolsonaro. A primeira foi anunciada logo cedo, nessa terça-feira (6). Mais tarde, outros três nomes foram divulgados.

Durante o dia, Bolsonaro chegou a ser questionado sobre a ausência de nomes femininos no ministério e no gabinete de transição.

A primeira mulher a compor a equipe de transição é a coronel do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal e especialista em segurança pública Márcia Amarílio da Cunha Silva.

Foram confirmadas, também, as tenentes do Exército Sílvia Nobre Waiãpi, primeira mulher indígena a integrar a força terrestre; a tenente do Exército Liane de Moura, e Clarissa Costa Longa e Gandour, doutora em economia.

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati