Morre Hélio Gracie, mestre de jiu-jítsu e patriarca da família Gracie

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de janeiro de 2009

O mestre do jiu-jitsu brasileiro Hélio Gracie faleceu nesta quinta-feira (29), aos 95 anos, em sua casa em Itaipava, região serrana do Rio de janeiro. Paraense, foi o responsável pela criação do estilo Brazilian Jiu-Jitsu de luta.

Era o patriarca da família Gracie, que tem como principais expoentes Royce e Rickson Gracie, ficou famoso por criar um estilo de luta que qualquer um pudesse praticar. Desafiou grandes nomes das artes marciais, produzindo lutas de grande duração, como a contra Masahiko Kimura, em 1955, que durou 3h45min.

Nos últimos anos, mostrava-se chateado com a brutalização da luta.


Cquote1.png

O jiu-jítsu que criei foi para dar chance aos mais fracos enfrentarem os mais pesados e fortes. E fez tanto sucesso, que resolveram fazer um Jiu-Jitsu de competição. Gostaria de deixar claro que sou a favor da prática esportiva e da preparação técnica de qualquer atleta, seja qual for sua especialidade. O problema consiste na criação de um jiu-jítsu competitivo com regras, tempo inadequado e que privilegia os mais treinados, fortes e pesados

Cquote2.svg
Hélio Gracie, em entrevista à revista Fightingnews




O enterro será realizado hoje, às 17h, no cemitério municipal de Petrópolis, no Rio de janeiro.

Fontes