Moro rebate nota da Polícia Federal respondendo suas críticas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

16 de fevereiro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O ex-juiz e ex-ministro do governo Jair Bolsonaro, Sergio Moro, respondeu uma nota emitida pela Polícia Federal. Moro havia criticado inicialmente a atuação da PF durante o atual governo.

Na nota, a PF afirmou ter realizado, nos últimos três anos, mais de mil prisões por corrupção. "O ex-ministro não aponta qual fato ou crime tenha conhecimento e que a PF estaria se omitindo a investigar. Tampouco qual inquérito policial em andamento tenha sido alvo de ingerência política ou da administração", escreveu.

Em entrevista à Rádio Rio FM, Moro fez comparações e afirmou que "não é só uma questão de quantidade, mas de quem está sendo preso".

“Prendeu o bagrinho da corrupção? Isso sempre teve. Prendeu lá um funcionário público que cobrou propina para conceder uma licença, um guarda que deixa de aplicar uma multa. Isso tem. Agora grande corrupção, os grandes tubarões… Não está tendo prisão nenhuma. A gente não ouve falar nada sobre isso".

Fontes