Ministros vão explicar medidas que mudam benefícios trabalhistas às bancadas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de fevereiro de 2015

Brasil

As duas medidas provisórias (MPs) que alteram as regras de pensão por morte, o acesso ao seguro-desemprego e ao abono do PIS/Pasep serão debatidas a partir da próxima semana pelos ministros das pastas relacionadas a esses temas. Segundo o líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), a agenda do comparecimento dos ministros aos debates será feita pelo governo a partir das solicitações das bancadas partidárias.

Guimarães informou que comparecerão à Câmara para conversar sobre as duas MPs os ministros das Relações Institucionais, Pepe Vargas; do Trabalho, Manoel Dias; da Previdência Social, Carlos Gabas; do Planejamento, Nelson Barbosa, e da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto. “A partir da próxima semana, esses ministros virão aqui para discutir as duas medidas provisórias com todas as bancadas que quiserem, até da oposição”, disse o líder.

Para Guimarães, o comparecimento dos ministros ajudará a acabar com a “firula” da oposição em aprovar convocações de ministros. “O governo tem todo interesse de 'povoarmos' esta Casa com a presença de ministros, seja nas comissões ou no plenário”. As duas MPs que alteram benefícios trabalhistas e previdenciários foram discutidas hoje (24) no gabinete do ministro Pepe Vargas com vários líderes de partidos da base governista.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati