Ministros das Relações Exteriores da OTAN concordam em evacuações seguras do Afeganistão

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de agosto de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Os ministros das Relações Exteriores da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), reunidos na sexta-feira para discutir a situação no Afeganistão, concordaram que sua prioridade imediata é a evacuação segura dos cidadãos dos Estados membros da aliança e afegãos em risco do país.

Os ministros das Relações Exteriores da aliança de 30 países se reuniram virtualmente e pessoalmente em Bruxelas para tratar da rápida tomada do Afeganistão pelo Taleban no início desta semana.

Os ministros emitiram uma declaração conjunta na qual expressaram a sua prioridade sobre as evacuações e esforços coordenados para retirar os seus nacionais e funcionários locais importantes do país, em particular aqueles que ajudaram os esforços da OTAN no Afeganistão.

No comunicado, os ministros das Relações Exteriores conclamaram "os que ocupam cargos de autoridade no Afeganistão a respeitar e facilitar sua partida segura e ordeira, inclusive por meio do Aeroporto Internacional Hamid Karzai em Cabul".

Em uma entrevista coletiva após a reunião, o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, disse que, desde a tomada do Taleban, cerca de 800 civis da OTAN trabalharam sem parar para manter as operações no aeroporto de Cabul, permitindo a saída de milhares de pessoas.

Os chanceleres da OTAN também emitiram um alerta ao Taleban, dizendo-lhes para acabar com a violência em todo o país.

“Os olhos do mundo estão no Afeganistão. … O Taleban deve pôr fim à violência em todo o país e defender os direitos fundamentais de todos os cidadãos afegãos - homens, mulheres e crianças ”, disse Stoltenberg aos repórteres.

Notícias relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit