Ministro do Governo Lula é condenado a indenizar o senador Collor

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de setembro de 2009

O juiz de direito substituto de desembargador Renato Ricardo Barbosa, relator do processo, da 19ª Câmara Cível do TJ (Tribunal de Justiça) do Rio de janeiro, condenou na última quinta-feira (17) o ministro Franklin Martins (Comunicação Social), o jornalista Marcone Formiga e a editora Dom Quixote, a pagarem R$ 50 mil ao senador e ex-presidente da República, Fernando Collor de Mello (PTB-AL) por danos morais.

Em 2005, em matéria publicada pela revista Brasília em Dia, editada pela Dom Quixote, que circulou entre 9 a 15 de julho, Franklin Martins (que era comentarista político na Rede Globo), foi entrevistado pelo Marcone Formiga, em que comparou os escândalos do Governo Lula (Bingos e Mensalão) aos do Governo Collor e que eram casos diferentes e que Collor deveria estar na cadeia, que inclusive chamou Collor de "corrupto", "ladrão" e "chefe de quadrilha". Por conta do conteúdo da entrevista, Collor entrou ação contra o atual ministro, o jornalista e a editora.

Para o juiz de direito substituto de desembargador Renato Ricardo Barbosa, relator do processo, passou de suspeitos à réus os envolvidos pela ação do Collor, pois a responsabilidade deles é clara.

Além da indenização, a revista terá que publicar a decisão do TJ-RJ com o mesmo tamanho e posição de páginas da reportagem. Martins já recebeu notícia e deve recorrer da decisão.

A decisão foi revertida pela anterior, quando em 12 de janeiro de 2009, a juíza da 6ª Vara Cível do bairro de Barra da Tijuca (na cidade do Rio de janeiro), Flávia de Almeida Viveiros de Castro julgou improcedente o pedido de indenização por danos morais feito pelo Collor.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati