Ministro de Honduras diz que FARC planejam atentado contra o presidente

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

31 de março de 2005

LocationHonduras.png

O ministro da segurança de Honduras, Oscar Álvarez contou à Caracol, que o grupo armado comunista revolucionário das FARC deseja praticar um atentado contra o presidente de Honduras, Ricardo Maduro.

Relatórios do serviço de inteligência indicariam que Etalson Mejía, que é procurado pelas polícias da Colômbia e de Honduras por tráfico de drogas e armas, a serviço das FARC, estaria a contatar Pedro García Morros de Honduras que se responsabilizaria pela contratação de pessoas para atentar contra o presidente.

O ministro disse Loudspeaker.png:

Nós prosseguimos com nosso serviço de contra-inteligência e detectamos que há membros da liga MS, uma das mais violentas de América, que foram contatadas por narcotraficantes da Colômbia, especificamente pelas FARC para levar atos de terrorismo contra o Presidente da República ou contra mim.

O ministro também acrescentou que deve-se fazer o possível para evitar que Honduras se transforme num narco-Estado ou que sirva de ponte para levar a cabo atos terroristas.

Fontes