Ministério da Saúde premia pesquisas destinadas ao SUS

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

30 de novembro de 2017

O Ministério da Saúde premiou ontem (29) 32 pesquisadores que desenvolveram projetos com temática na área de ciência, tecnologia e inovação em saúde, relacionados às necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS). A 16ª edição do Prêmio de Incentivo em Ciência, Tecnologia e Inovação ocorreu na capital paulista.

Ao todo, 522 projetos foram inscritos para concorrer aos prêmios, que variam de R$ 20 mil a R$ 50 mil em cinco categorias: trabalho científico publicado; tese de doutorado; dissertação de mestrado; produtos e inovação em saúde; e experiência exitosa de pesquisa para o SUS.

“Precisamos conciliar que o preço das novas tecnologias não seja um fator impeditivo para o seu desenvolvimento. Estamos tratando de um grande desafio, que é permitir que os pesquisadores e empresários possam produzir essas funções tecnológicas para que todos nós possamos viver bem com os recursos que os SUS disponibiliza”, destacou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Até o ano passado, haviam sido inscritos no prêmio 5.872 estudiosos. Destes, 370 foram premiados, sendo 63 com prêmio em dinheiro e 307 com menções honrosas.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati