Micheletti está disposto a rever decreto de estado de sítio em Honduras

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

29 de setembro de 2009

O presidente interino de Honduras, Roberto Micheletti, disse que está disposto a rever o estado de sítio decretado no último domingo (27), segundo informações da BBC Brasil. O estado de sítio foi decretado por 45 dias. Micheletti tomou a decisão depois que algumas bancadas do Congresso hondurenho mostraram descontentamento e incômodo com a medida.

Micheletti informou que antes de revogar o decreto vai consultar o Supremo Tribunal de Justiça e o Tribunal Eleitoral e também os candidatos presidenciais. As eleições no país estão marcadas para 29 de novembro. Micheletti já disse que está disposto a dialogar com o presidente deposto Manuel Zelaya, caso ele aceite a realização de eleições. Por sua vez, Zelaya disse que é contrário às eleições organizadas pelo governo atual.

Zelaya está há uma semana abrigado na embaixada do Brasil em Honduras. Ele foi obrigado a deixar o país depois que militares o tiraram de casa e o enviaram para a Costa Rica. Zelaya foi deposto por organizar um plebiscito que poderia leva-lo a um terceiro mandato, o que é proibido pela Constituição hondurenha.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati