Micheletti está disposto a rever decreto de estado de sítio em Honduras

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

29 de setembro de 2009

O presidente interino de Honduras, Roberto Micheletti, disse que está disposto a rever o estado de sítio decretado no último domingo (27), segundo informações da BBC Brasil. O estado de sítio foi decretado por 45 dias. Micheletti tomou a decisão depois que algumas bancadas do Congresso hondurenho mostraram descontentamento e incômodo com a medida.

Micheletti informou que antes de revogar o decreto vai consultar o Supremo Tribunal de Justiça e o Tribunal Eleitoral e também os candidatos presidenciais. As eleições no país estão marcadas para 29 de novembro. Micheletti já disse que está disposto a dialogar com o presidente deposto Manuel Zelaya, caso ele aceite a realização de eleições. Por sua vez, Zelaya disse que é contrário às eleições organizadas pelo governo atual.

Zelaya está há uma semana abrigado na embaixada do Brasil em Honduras. Ele foi obrigado a deixar o país depois que militares o tiraram de casa e o enviaram para a Costa Rica. Zelaya foi deposto por organizar um plebiscito que poderia leva-lo a um terceiro mandato, o que é proibido pela Constituição hondurenha.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati