Michel Temer vira réu em denúncia sobre Decreto dos Portos

29 de abril de 2019

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Justiça Federal de Brasília aceitou hoje (29) uma denúncia contra o então presidente Michel Temer em dezembro do ano passado e cinco outras pessoas foram investigadas por corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

A denúncia foi conduzida durante uma investigação que investigou as reivindicações de Rodrimar S/A no chamado decreto portuário (Lei 9.048) assinado por Temer em maio de 2017.

Dois empresários associados a Rodrima também foram acusados ​​como réus, o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures, um amigo do ex-presidente João Batista Lima.

Fontes