McCain é o candidato Republicano; Hillary ainda mantém fôlego

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
USA Flag Map.svg
Eleições EUA 2008
O candidato republicano John McCain.

5 de março de 2008

John McCain venceu as primárias de ontem em Vermont, Rhode Island, Ohio e Texas e tornou-se o candidato do Partido Republicano, já que conseguiu amealhar todos os delegados necessários para a sua indicação. Mas os holofotes políticos estavam direcionados para o Partido Democrata.

Hillary Clinton venceu em Ohio e tem vantagem também no Texas, estados americanos importantes na disputa. No Texas, a margem de votos foi pequena, mas o suficiente para dar novo fôlego para a campanha de Clinton à Casa Branca. Ela também venceu em Rhode Island. Já Barack Obama venceu em Vermont, e ainda mantém a dianteira no número de delegados dentro do partido. Segundo projeções da rede CNN, Obama tinha, até esta terça, o apoio de 1.381 delegados, contra 1.271 de Clinton. É necessário pelo menos 2.025 delegados na convenção para se tornar o candidato.

"A nação vota como Ohio vota. Esta nação está de volta, assim como esta campanha. A população de Ohio disse alto e claro: ‘continuamos com força e vamos até o fim’", disse Clinton, em Columbia. Ela fez referência ao fato de que nenhum presidente da história recente dos Estados Unidos chegou à presidência sem vencer a primária de Ohio.

Já Obama ligou para McCain, cumprimentando-o pela vitória dentro do seu partido. "John McCain pode alegar que tem muita experiência, mas nessa campanha ele está preso à mesma política que está fazendo mal a nosso país", disse, se referindo ao governo George W. Bush.


Fontes