Maratona hacker busca soluções tecnológicas para problemas ambientais

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

15 de outubro de 2014

Brasil

As pessoas que desejarem participar da primeira edição da Hackaton Sesi Cultura Digital, uma maratona de uso da tecnologia para ajudar a resolver problemas ambientais, terão até sábado (18) para se inscrever. O evento é uma promoção do Serviço Social da Indústria do Estado do Rio de Janeiro (Sesi-RJ) e está aberto a interessados de todo o Brasil.

O analista cultural do Sesi-RJ, Ivan Ramos, disse que o objetivo da maratona hacker é entregar desafios para que grupos de designers, pequenos empresários, técnicos, entre outros, possam desenvolver soluções tecnológicas, usando criatividade e conhecimento, para problemas ambientais do Rio de Janeiro. Ramos esclareceu que a maratona hacker é conhecida com esse nome em todo o mundo e não guarda qualquer relação com o hacker criminoso.

Responsável pela organização do Sesi Cultura Digital, Ivan Ramos explicou que os grupos participantes, de até cinco pessoas, podem escolher eixos temáticos como qualidade da água, monitoramento do ar, aplicativos e vestíveis - dispositivos eletrônicos para roupas - e oferecer soluções em hardware (componentes eletrônicos do computador) , software (programas de computador) ou algo que alie as duas coisas.

Na parte de hardware e software, o analista ressaltou que há interesse na criação de aplicativos ou gadgets (dispositivos portáteis) eletrônicos que sejam biossustentáveis e relacionados a questão ambiental Para que as pessoas tenham "um contato maior com a natureza”. Um exemplo são aplicativos que avisem quando há um evento ao ar livre na cidade. Segundo Ivan Ramos, o objetivo, também, é facilitar a interação da população com a natureza.

Durante a fase de desenvolvimento dos protótipos, nos dias 23 e 24 deste mês, no laboratório do Serviço Nacional de Aprendizado Industrial (Senai) Maracanã, zona norte da cidade, os participantes contarão com a ajuda de profissionais especializados, que trabalharão como tutores. Uma comissão integrada por representantes do Sesi e da sociedade civil nas áreas de tecnologia da informação (TI), design e meio ambiente, escolherá os vencedores da maratona. Eles receberão prêmios no valor de R$ 25 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil, respectivamente, para os primeiro, segundo e terceiro lugares. Os nomes dos premiados serão divulgados no dia 25.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati