Mantega não descarta aumento da gasolina, mas diz que decisão cabe à Petrobras

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Guido Mantega em 2007.

Agência Brasil

15 de outubro de 2014

Brasil

Sede da Petrobras no Rio de Janeiro.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje (15) que, embora o preço da gasolina no Brasil esteja, atualmente, maior do que nos Estados Unidos, ainda pode haver reajuste do combustível. Ele destacou que a decisão cabe à Petrobras.

“Havia defasagem e agora não há. O preço da gasolina está mais alto, então a Petrobras está ganhando com isso. Mas isso não significa que não haverá aumento. Isso é uma decisão da empresa”, disse o ministro, ao ser perguntado por jornalistas, na chegada ao Ministério da Fazenda.

Nas últimas semanas, o ministro, que é presidente do Conselho de Administração da Petrobras, tem sinalizado que pode haver aumento da gasolina ainda este ano.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com