Saltar para o conteúdo

Mais de 4 milhões de ucranianos já ganharam estatus de proteção temporária na União Europeia

Fonte: Wikinotícias

9 de abril de 2024

Email Facebook X WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 


Em 29 de fevereiro de 2024, 4,2 milhões de cidadãos não pertencentes à União Europeia (UE) , que fugiram da Ucrânia em consequência da guerra iniciada em 24 de fevereiro de 2022 pela Rússia, tinham estatuto de proteção temporária na UE.

Naquela data, os países da UE que acolheram o maior número de beneficiários de proteção temporária provenientes da Ucrânia eram a Alemanha (1.286.580 pessoas; 30,4% do total da UE), a Polónia (957.200; 22,6%) e a Chéquia (385.075; 9,1%). Em comparação com o final de janeiro de 2024, os maiores aumentos absolutos no número de beneficiários foram observados na Alemanha (+16.430; +1,3%), na Polónia (+5 .640; +0,6%) e na Chéquia (+3.885; + 1,0%).

O número de beneficiários diminuiu em 5 países da UE, nomeadamente Áustria (-1.420 pessoas; -1,7%), França (-685; -1,1%), Estónia (-550; -1,5%), Países Baixos (-120; - 0,1%) e Malta (-20; -1,0%).

Os dados apresentados neste artigo referem-se à atribuição do estatuto de proteção temporária com base na Decisão de Execução 2022/382 do Conselho, de 4 de março de 2022, que estabelece a existência de um afluxo maciço de pessoas deslocadas da Ucrânia devido à guerra e tendo o efeito da introdução da protecção temporária. Em 28 de setembro de 2023, o Conselho Europeu acordou em prorrogar a proteção temporária para as pessoas que estão fugindo da Ucrânia, de 4 de março de 2024 a 4 de março de 2025.

Em comparação com a população de cada país da UE, os números mais elevados de beneficiários totais de proteção temporária por mil pessoas no final de fevereiro de 2024 foram observados na Chéquia (35,6), na Lituânia (26,5) e na Polónia (26,0).

Em 29 de fevereiro de 2024, os cidadãos ucranianos representavam mais de 98% dos beneficiários de proteção temporária. As mulheres adultas representavam quase metade (46,0%) dos beneficiários de proteção temporária na UE. As crianças representavam quase um terço (32,9%), enquanto os homens adultos representavam pouco mais de um quinto (21,2%) do total.


Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Number of people under temporary protection at 4.2 million — European Union, 8 de abril de 2024