Maioria dos inscritos preferem que Enem seja realizado em maio

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

2 de julho de 2020

Os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 preferem que a prova seja aplicada em maio de 2021. A nova data foi escolhida por enquete feita pelo Ministério da Educação.

O ministro interino, Antonio Paulo Vogel, explicou que a enquete é um dos itens que será analisado para definir quando será aplicada as provas. “Não vamos implantar imediatamente em maio, não é isso. Nós agora precisamos trabalhar em articulação com os atores envolvidos nesse processo”, disse.

“Essa enquete serviu como mais um insumo para a nossa tomada de decisão. A tomada de decisão vai ser feita em parceria, em conversa com todos esses atores que são fundamentais para a educação superior brasileira”, acrescentou Vogel.

A prova estava marcada inicialmente para novembro, mas com a suspensão das aulas presenciais em função da pandemia de COVID-19, o ministério decidiu adiar a prova e ouvir os inscritos.

As opções da enquete eram: dezembro de 2020, janeiro ou março de 2021. Dos 5.783.357 inscritos, 1.113.350 votaram, o que representa 19,3%. Para 49,7%, o Enem deve ser aplicado em maio de 2021; 35,3% optaram por janeiro, ou seja, 392.902 votos; e 15,0% escolheram dezembro (167.415).

A expectativa é que em duas a três semanas seja possível definir a data final para a aplicação das provas do Enem 2020.

Fontes

Domínio Público Esta notícia é uma transcrição parcial ou total do Governo do Brasil.
Este texto pode ser utilizado desde que seja atribuído corretamente aos autores e ao sítio oficial.
Veja os termos de uso (copyright) no rodapé da página do Governo Federal
Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com