Maia vai decidir sobre CPI do vazamento de óleo até segunda-feira

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

Agência Brasil

31 de outubro de 2019

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse em São Paulo, hoje (31) que vai decidir pela constituição de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre Derramamento de Petróleo no Nordeste até segunda-feira (4). O autor do pedido é o deputado deputado João H. Campos (PSB-PE). Na semana passada, o pedido foi encaminhado à Secretaria-Geral da Câmara dos Deputados e assinado por 250 representantes.

“Acho que a Câmara pode colaborar nesse debate. A proposta já está apresentada. Até segunda-feira (4) eu vou decidir”, disse Maia, após participar de um debate no Sindimais, evento sobre sindicalismo e mercado de trabalho.

CPI propositiva

É importante para o presidente da Câmara, que a comissão tenha uma agenda proposta. “Sendo um instrumento de apoio, de ajuda, para construir o debate junto com o governo, não apenas para organizar o que aconteceu e o que o Estado brasileiro pode ter errado nas respostas quando o óleo apareceu. Mas também construir as soluções para o futuro. Será que essa estrutura da área de meio ambiente é correta ou não é correta? É suficiente ou não é suficiente?”, enumerou as possíveis abordagens.

Rodrigo Maia lembrou que o país sofre de recorrentes problemas ambientais que precisam ser analisados ​​de novas formas. “Nós temos não apenas desse governo, mas de muitos anos, as queimadas no Brasil acontecendo e a gente não consegue ter um sistema de controle eficiente. Precisa melhorar? Nas águas, agora, no nosso litoral, a nossa estrutura é condizente com o que a gente precisa ter para quem vive desse litoral? Imagina a perda para a economia do Nordeste com esse óleo nos próximos meses”, exemplificou.

Fontes