MEC anuncia o cancelamento da prova do ENEM

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


1 de outubro de 2009

O Ministério da Educação confirmou nesta madrugada o cancelamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) por motivos de fraude evidenciadas em uma reportagem do jornal "O Estado de São Paulo". Segundo o jornal, um homem ligou à redação para dizer que estava com as provas e que poderia negociá-las por no mínimo 500 mil reais. A equipe do Estadão chegou a ver algumas questões da prova de linguagens e duas delas foram mais tarde confirmadas pelo MEC. O homem disse ao jornal que teria conseguido as provas em Brasília por meio de funcionários do INEP e que havia no esquema de desvio da prova mais quatro pessoas. O ministro da Educação, Fernando Haddad, em entrevista ao telejornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo, disse que o ministério já suspeita de vazamento na gráfica e disse que o ministério mudará a data para os próximos 45 dias.

As questões confirmadas pelo ministério segundo O Estado de São Paulo foram uma que tinha a bandeira do Brasil com parte da cor verde suprimida tratando sobre o desmatamento no país e com um trecho embaixo dizendo: "estão tirando o verde de nossa terra", a imagem é usada na campanha publicitária da ONG SOS Mata Atlântica. A segunda prova da fraude, também confirmada, foi um trecho que tinha numa outra questão, do poema "Canção do Exílio" de Gonçalves Dias. Além disso, tinha questões com tiragens do personagem Mafalda (autoria do argentino Quino) e do Garfield (autoria do americano Jim Davis) e um outro poema de Carlos Drummond de Andrade e um texto da revista Veja sobre o filme "Touro Indomável" de Martin Scorcese. Estas últimas provas não teriam sido confirmadas pelo MEC.

O ministro Fernando Haddad confirmou que o ministério tinha uma folga no calendário caso acontecesse o que se confirmara hoje. A nova prova deve acontecer em novembro e as provas que ocorreriam neste final de semana serão disponibilizadas no página do Enem na internet.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati