Míssil norte-coreano sobrevoou Japão e tinha alcance intermediário, dizem EUA

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Soldado dos Estados Unidos

15 de Setembro de 2017

O Comando do Pacífico dos Estados Unidos confirmou que Coréia do Norte disparou um míssil balístico eque cruzou o Japão, criando nova tensão na região após seu teste de bomba nuclear há menos de duas semanas.

O míssil atingiu uma altitude de cerca de 770 km (478 milhas), viajando 3.700 km antes de cair no mar perto de Hokkaido, dizem os militares da Coréia do Sul. Ele voou mais alto que o último míssil sobre o Japão no final do mês passado.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse que seu país "nunca tolera" tais "ações provocativas perigosas".

A Coréia do Sul respondeu em questão de minutos atirando dois mísseis balísticos no mar em um ataque simulado ao norte.

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, também condenou o lançamento e o Conselho de Segurança da ONU se reunirá ainda na sexta-feira em Nova York, a pedido dos Estados Unidos e do Japão. O míssil não representou ameaça para os Estados Unidos nem para a ilha de Guam, um território americano no Pacífico, disse o comandante. O Pacom ainda trabalha em uma "avaliação mais detalhada" sobre o última ameaça norte-coreana.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com