México: furacão Pamela toca terra em Sinaloa

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

13 de outubro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
O Pamela quando tocou terra esta manhã

O furacão de categoria 1 Pamela tocou terra próximo à cidade de San Ignacio, no estado de Sinaloa, México, às 7 horas desta manhã em horário local, com ventos sustentados de 120 km por hora e rajadas que chegaram a 150 km/h.

Num dos avisos meteorológicos emitidos no início da manhã, o SMN (Serviço Meteorológico Nacional) alertava para chuvas fortes, que poderiam passar de 150 mm, em Durango, Sinaloa, Nayarit, Jalisco e Zacatecas e vento forte e agitação marítima nas costas de Jalisco, Nayarit, Sinaloa e Baixa Califórnia Sul. Havia risco de inundações e deslizamentos de terra em algumas áreas.

No Aviso de Ciclón Tropical en el Océano Pacífico - No. Aviso: 26, um alerta para furacão - quando medidas para proteger vidas e propriedade são urgentes - continuava em vigor, também de manhã, para a área entre a Baía Tempehuaya até Escuinapa, em Sinaloa.

Pouco antes do meio-dia em horário local, o Pamela já estava sobre o estado de Durango, rebaixado a uma tempestade tropical. Já às 16 horas, no Aviso de Ciclón Tropical en el Océano Pacífico - No. Aviso: 29, o SNM comunicou que o fenômeno havia enfraquecido ainda mais e já era uma depressão tropical, com ventos sustentados de cerca de 55km/h.

Notícias Relacionadas[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit