Médicos e soldados moçambicanos recebem formação sobre assistência em campo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

8 de junho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Quarenta soldados e profissionais de saúde moçambicanos beneficiaram-se de uma formação financiada pelo Departamento de Estado americano em técnicas de emergência em campos de batalha.

A formação dividida em dois grupos, segundo a nota da Embaixada americana em Maputo, vai "permitir aos soldados e profissionais médicos moçambicanos tratar ferimentos e prevenir hemorragias graves, a principal causa de morte evitável num campo de batalha", e proporcionar "aos instrutores moçambicanos recentemente certificados replicar o curso em todo o país".

Os alvos dessas acções foram 26 médicos, enfermeiros e profissionais em cuidados de emergência durante situações de conflito. Catorze soldados de todos os ramos do exército moçambicano aprenderam a prestar assistência médica de emergência a companheiros feridos em combate.

"Em estreita colaboração com o Governo de Moçambique, o Governo dos EUA fornecem mais de 500 milhões de dólares em assistência anual para melhorar a qualidade dos cuidados de saúde e educação, promover a prosperidade económica, e apoiar o desenvolvimento global e a segurança regional", conclui a nota

No mês passado, os Estados Unidos realizaram uma formação para fuzileiros moçambicanos.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit