Médico pessoal de Michael Jackson se nega a depôr novamente

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de julho de 2009

Conrad Murray, médico pessoal de Michael Jackson e presente na casa do popstar quando este veio a falecer, se recusou a fazer um novo depoimento sobre o caso. A informação é do sítio TMZ.com, que trata de notícias de celebridades. O médico é um dos principais suspeitos de receitar ao cantor o medicamento Propofol, que segundo especialistas, foi a principal causa da morte do astro do pop. A polícia de Los Angeles trabalha com a hipótese de homicídio.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati