Médico pessoal de Michael Jackson se nega a depôr novamente

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de julho de 2009

Conrad Murray, médico pessoal de Michael Jackson e presente na casa do popstar quando este veio a falecer, se recusou a fazer um novo depoimento sobre o caso. A informação é do sítio TMZ.com, que trata de notícias de celebridades. O médico é um dos principais suspeitos de receitar ao cantor o medicamento Propofol, que segundo especialistas, foi a principal causa da morte do astro do pop. A polícia de Los Angeles trabalha com a hipótese de homicídio.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati