Lutador sueco que reclamou a arbitragem e abandonou o pódio, perde a medalha de bronze pelo COI

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Olympic rings without rims.svg
Olimpíadas de Verão 2008



18 de agosto de 2008

Brasil — O atleta de luta greco-romana sueco, Ara Abrahamian, que atirou no chão a medalha de bronze na cerimônia de entrega das medalhas, quando desceu do pódio, tirou-a do pescoço e jogou no meio do ringue e em seguida retirou-se em protesto, perdeu no último sábado (16) a medalha por atitude anti-deportista.

O atleta sueco estava disputando a categoria até 84 quilos no dia 14, quando após a luta e no momento do pódio, como protesto contra a arbitragem que teria prejudicado na luta semi-final, ao ser derrotado pelo italiano Andrea Minguzzi, que ganhou o ouro na categoria, deixou local da cerimônia das medalhas.

A Comissão Disciplinar do COI (Comitê Olímpico Internacional) desqualificou e retirou a medalha de bronze do lutador sueco. O COI anunciou que nenhum outro concorrente ficará com o bronze.

Abrahamian, que havia sido prata em Atenas-2004, afirmou: "Esta será minha última luta. Eu queria o ouro, mas agora considero que essa Olimpíada é um fracasso", disse ao anunciar a aposentadoria da modalidade antes de derrotar o francês Melonin Noumonvi na disputa pelo bronze.


Notícia Relacionada

Fontes