Lula visita povos Yanomami com casos de subnutrição

21.01.2023 - Anúncio de ações emergenciais para a população Yanomami (52640944856).jpg

22 de janeiro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, viajou com uma comitiva e visitou os povos indígenas Yanomami, que registram casos de subnutrição.

Lula descreveu a situação: “Adultos com peso de crianças, crianças morrendo por desnutrição, malária, diarreia e outras doenças. Os poucos dados disponíveis apontam que ao menos 570 crianças menores de 5 anos perderam a vida no território Yanomami nos últimos 4 anos, com doenças que poderiam ser evitadas”.

Lula e seu Ministro da Justiça, Flávio Dino, classificaram a situação como "genocídio", acusando o ex-presidente Jair Bolsonaro.

“Mais que uma crise humanitária, o que vi em Roraima foi um genocídio. Um crime premeditado contra os Yanomamis, cometido por um governo insensível ao sofrimento do povo brasileiro”, disse Lula.

Notícia relacionada[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]