Lula manifesta apoio ao Presidente da Guatemala acusado de assassinato

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Álvaro Colom, presidente da Guatemala.

2 de junho de 2009

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou à Cidade da Guatemala hoje de tarde, após ter participado da posse do novo presidente do El Salvador, Maurício Funes. O evento também contou com a presença do presidente da Guatemalta, Álvaro Colom. Na ocasião, Lula manifestou seu "apoio ao governo constitucional do presidente Álvaro Colom, ante as acusações de que tem sido objeto", em comunicado conjunto firmado pelos dois líderes durante visita oficial à capital guatemalteca.

Os comentários de Lula fazem referência ao vídeo-testamento deixado pelo advogado Rodrigo Rozenberg, no qual afirma que se algo acontecesse com ele, Colom deveria ser responsabilizado. No vídeo, Rozenberg acusa o presidente e a primeira-dama do país de lavagem de dinheiro e de terem orquestrado o assassinato de um empresário e sua filha, após este ter se negado a ocultar um esquema milionário de fraude. No dia 10 de maio, pouco após a gravação, Rozenberg foi assassinado.

Desde então, o país mergulhou em uma séria crise política e militantes têm realizado protestos pedindo a renúncia de Colom. Na semana passada, a carta assinada por mais de 35 mil guatemaltecos foi apresentada ao Congresso do país pedindo o fim da imunidade judicial de Colom.

Fontes