Lula e Chávez assinam acordo sobre petróleo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lula e Chávez, na cerimônia de assinatura de Atos Brasil-Venezuela. Foto: Wilson Dias/ABr.

30 de setembro de 2005

Brasil

O Presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva recebeu o Presidente da Venezuela Hugo Chávez em Brasília, na quinta-feira (29).

Os dois Presidentes assinaram acordos de cooperação entre os dois países. Um dos acordos foi para a construção de uma refinaria de petróleo, em Porto de Suape, Pernambuco. O empreendimento faz parte de uma parceria entre as empresas petrolíferas: PDVSA, da Venezuela, e Petrobras, do Brasil.

Segundo a Agência Brasil cada empresa entrará com metade do capital e espera-se investir aproximadamente US$ 2,5 bilhões. A refinaria, que deve ocupar uma área de 600 hectares, terá capacidade de processar cerca de 200 mil barris por dia. Espera-se que a obra seja concluída em 44 meses.

Chávez comentou o acordo para construção da refinaria: "Esses acordos assinados hoje, do meu ponto de vista, contribuem para a criação de novos modelos e para ir debilitando os mecanismos de exploração dos povos sul-americanos. É necessário difundir o alcance desses acordos que nós estamos firmando".

Lula declarou que o acordo mostra a autonomia dos países sul-americanos em relação aos países desenvolvidos: "Isso incomoda, porque as pessoas estavam habituadas a decidir e nós, a dizer amém. Nós não queremos tirar nada de ninguém. A única coisa que nós queremos dizer ao mundo é que nós gostamos de nós. Que nós respeitamos e que queremos ser ouvidos enquanto países soberanos, donos das soluções dos nossos problemas. E que queremos partilhar essas coisas, esse nosso sucesso, com os nossos irmãos".

Fontes