Líder dos “Proud Boys” ordenado a ficar fora de Washington D.C

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Agência VOA

O líder do grupo de extrema direita, os Proud Boys, foi libertado da custódia policial na terça-feira, mas recebeu ordem de deixar Washington, D.C., e ficar longe.

Henry “Enrique” Tarrio foi preso na segunda-feira, dois dias antes de partidários do presidente Donald Trump fazerem manifestações na capital sobre a derrota de Trump para o presidente eleito Joe Biden na eleição presidencial de novembro.

O Departamento de Polícia Metropolitana do Distrito de Columbia disse que prendeu Tarrio sob acusação de destruição de propriedade por queimar uma placa de Black Lives Matter que foi arrancada de uma igreja afro-americana histórica durante protestos em Washington no mês passado.

A juíza do Tribunal Superior de D.C. Renee Raymond libertou Tarrio sob sua própria fiança na terça-feira, mas ordenou que ele ficasse fora da capital do país até sua próxima audiência em junho.

Os Proud Boys devem convergir para o Capitólio dos EUA na quarta-feira, enquanto o Congresso vota para afirmar a vitória de Biden, um dos vários comícios pró-Trump planejados na cidade.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit