Líder do PSDB no Senado protocola denúncia no Conselho de Ética

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

23 de julho de 2009

Brasília, Distrito Federal, Brasil

A assessoria do líder do PSDB Arthur Virgílio Neto (AM) protocolou na manhã hoje (23) no Conselho de Ética da Casa a quarta denúncia contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). O documento pede a investigação da origem das informações divulgadas pelo jornal O Estado de S. Paulo ontem, além da instalação de um processo disciplinar contra Sarney. Além das denúncias feitas pelo senador tucado, existe ainda para apreciação do conselho uma representação do P-SOL.

Às 11h, os senadores Pedro Simon (PMDB -RS) e Cristovam Buarque (PDT-DF) reúnem-se para discutir a viabilidade de um pedido de reunião de emergência do Conselho de Ética ainda neste mês, antes do fim do recesso parlamentar, para apreciar a representação do P-SOL e as denúncias de Virgílio contra Sarney.

O pedetista considera que o próprio mandato de Sarney já está em risco – diante das novas denúncias de envolvimento direto de Sarney na contratação secreta de pessoas ligadas à família – e não mais o simples afastamento do parlamentar da presidência da Casa.

Fontes


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati