Líder da oposição Yubrank Suazo é preso na Nicarágua

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

19 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O governo da Nicarágua prendeu o líder da oposição Yubrank Suazo na manhã de quarta-feira, que havia sido retirado de sua casa com “violência”, informou o Centro Nicaraguense de Direitos Humanos, Cenidh, no Twitter.

A organização de direitos humanos acrescentou em sua conta no Twitter que ele teria sido transferido para as células preventivas de segurança máxima em Manágua, conhecidas como El Chipote.

Suazo, que faz parte da oposição Aliança Cívica, assim como da Aliança Universitária da Nicarágua (AUN), ambas organizações críticas ao presidente Daniel Ortega, havia sido preso pela primeira vez após a crise de 2018, e posteriormente libertado sob uma lei de anistia.

Até o momento, o governo não informou os motivos de sua prisão. Anteriormente, pelo menos 40 líderes foram acusados de crimes de traição.

Suazo havia denunciado dias atrás no Twitter a presença na casa de seus pais de “um sujeito em uma motocicleta.” Seus pais moram na cidade de Masaya, ao sul da capital.

Da mesma forma, ele havia expressado constantemente sua queixa sobre o “assédio permanente” a que um padre local está sendo submetido pelas autoridades policiais.

A prisão do opositor ocorre no contexto de um processo iniciado na Comissão de Justiça da Assembleia Nacional que visa endurecer leis como a Lei 1055, ou Lei de Defesa dos Direitos do Povo.

Fontes