Julgamento de Mubarak é retomado hoje depois de três meses de interrupção

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

Hosni Mubarak e Georges W. Bush

28 de dezembro de 2011

Egito — O julgamento do ex-presidente do Egito Hosni Mubarak, de 83 anos, na Academia da Polícia do Cairo, recomeça hoje (28) depois de três meses de interrupção. Detido em um hospital militar na capital egípcia, Mubarak é acusado de ser responsável pela repressão durante protestos no começo deste ano.

Mubarak chegou de avião para prestar depoimento. As imagens da chegada e de seu transporte por ambulância até o edifício da academia foram transmitidas pelas emissoras de televisão egípcias. O estado de saúde de Mubarak se agravou depois da recusa dele em comer e tomar líquidos.

Durante as manifestações, forças leais ao governo entraram em choque com os manifestantes. A estimativa é que pelo menos 850 morreram, além dos feridos e detidos de forma irregular. Mubarak deixou o poder em 11 de fevereiro deste ano e no lugar dele assumiu um comando militar. O clima de tensão ainda é intenso no Egito.

Mubarak será julgado também por denúncias de desvio de fundos públicos e corrupção, em conjunto com os seus filhos, Alaa e Gamal. Há informações de que a família do ex-presidente tenha investido no exterior em imóveis, ouro e ações no mercado financeiro e bancário.

Depois de quase 30 anos no poder, o ex-presidente do Egito foi pressionado a deixar o cargo após uma série de protestos, que durou 18 dias no país. Os manifestantes exigiram a saída de Mubarak e de seus filhos das funções públicas.

Fontes[editar]


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati