Jovens são barrados em shopping no Paraná

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de junho de 2008

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Inaugurado há um mês em Curitiba, o Palladium Shopping Center, virou alvo contante de gangues. Há duas semanas, cerca de 150 adolescentes promoveram um protesto em frente ao shopping depois que um grupo foi impedido de entrar, sob a alegação de que representava “risco” para os clientes e poderia “promover baderna”. Os jovens mais visados seriam oriundos da periferia, vestidos com camisas de clubes e trajes de hip-hop (roupas exageradamente largas).

A medida é justificada como forma de evitar arrastões e atrapalhar a segurança dos demais consumidores. De acordo com a gerente de marketing, um grupo de adolescentes que carregava uma bebida apelidada de “tubão”, uma mistura de refrigerante com bebida alcoólica, foi impedido de entrar no último domingo (1º). O Ministério Público do Paraná informou nesta quarta (4) que vai investigar as denúncias.

Outros shoppings da cidade têm regras idênticas, os seguranças do Shopping Curitiba, localizado na quadrilátero central da capital, por exemplo, recebem ordens para limitar a entrada de grupos de jovens e ainda são orientados a impedir que eles se reúnam nas praças de alimentação.

O mesmo ocorre no Shopping Crystal e no Shopping Estação, que reúnem um grande número de adolescentes, principalmente nos fins de semana. A determinação, ainda que velada, é evitar a entrada de mais de dois adolescentes e dar "preferência" a casais.

Fontes