Jovens latino-americanos trocam experiências de agricultura familiar

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de novembro de 2014

Brasil

Um curso de formação para jovens rurais da agricultura familiar da Reunião Específica da Agricultura Familiar do Mercosul (Reaf) reúne em Brasília 46 jovens agricultores de latino-americanos, com o objetivo de integrar a juventude envolvida na agricultura familiar de dez países incluindo o Brasil. Participam representantes da Argentina, Bolívia, Costa Rica, Nicarágua, Venezuela, do Brasil, Chile, Equador, Paraguai e Uruguai.

De acordo com um dos organizadores do evento, Lautaro Viscay, o curso é um processo de construção de conhecimento sobre a definição de agricultura familiar e o jovem nesse contexto.“É um curso da formação da juventude para agricultores e estudantes de diferentes perfis que têm relação com a agricultura familiar. Eles retornarão para seus países com tarefas, ideias e propostas”. disse o organizador

“Eles estão conversando sobre os países, a questão de integração política, econômica e social no Mercosul e na região. Isso dá uma integração importante entre eles e nós trabalhamos as políticas públicas e a definição do sujeito da agricultura familiar. O curso é para os jovens discutirem como eles estão vivendo no meio rural, quais são as dificuldades para produzir, melhorar e poder permanecer no campo” completou Lautaro Viscay.

Siomora Congora, nicaraguense de 24 anos, agricultora, planta cacau e café e pela primeira vez vem ao Brasil. “Considero uma ampla experiência, pois me permite conhecer pessoas de outros países, suas culturas, sua agricultura e o processo de produção. É importante poder conhecer nossas metas e espero transmitir o que aprendi durante todo esse processo”, disse Siomora.

A agricultora Zoraima Artia, de 20 anos, veio representar o Uruguai. Ela cria bois para corte e considera uma boa experiência participar do curso para jovens rurais: “É um curso muito importante para a agricultura familiar, a integração, compartilhar experiências com os outros países”.

Outro participante do curso, Jorge Bento Soares, 25 anos de idade, veio da cidade de Antônio João, em Mato Grosso do Sul, e também é agricultor. “A Reaf está sendo de grande importância, não só para nós, aqui do Brasil, mas para todos os países participante e vem incentivar mais a participação dos jovens do Mercosul, fazer uma troca de experiências, conhecer as culturas de outros países e as dificuldades que seus representantes estão trazendo. Nós também estamos mostrando um pouco da nossa cultura, como se planta e colhe”.

A programação do evento inclui debates sobre o desenvolvimento e técnicas da agricultura familiar, além de saídas de campo para conhecer propriedades da agricultura familiar brasileira. O evento está sendo realizado no Centro de Convenções Israel Pinheiro, desde do dia 17, e vai até o próximo domingo.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati