José Maria Neves toma posse como Presidente de Cabo Verde

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

outubrooutubro

9 de novembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Agência VOA

A Assembleia Nacional de Cabo Verde dá posse nesta terça-feira, 9, a José Maria Neves como quinto Presidente da República. Primeiro-ministro durante três mandatos (2001/2016), Neves sucede a Jorge Carlos Fonseca que cumpriu dois mandatos.

A cerimônia, que inicia às 10 horas locais, terá a presença dos Presidentes de Angola, João Lourenço, da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, do Gana Nana Akufo-Addo, que é também presidente em exercício da CEDEAO, do Senegal, Macky Sall, e de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

O Brasil estará representado por uma delegação chefiada pelo vice-presidente Hamilton Mourão e a França pela ministra da Igualdade de Género, a franco-cabo-verdiana, Elisabeth Moreno.

São Tomé e Príncipe estará representado pelo presidente do Parlamento, Delfim das Neves, e desconhece-se o enviado de Moçambique à posse do Presidente cabo-verdiano, que terá a presença de uma dezena de delegações estrangeiras.

O Presidente americano Joe Biden designou o secretário de Estafo dos Transportes e antigo mayor de Boston, Martin Walsh, para o representar, numa delegação também integrada pela assistente especial do Presidente e directora sénior do Conselho de Segurança Nacional para a África, Dana Banks, o deputado democrata por Nova Iorque, Hakeem Jeffries, e o embaixador dos Estados Unidos na Praia, Jeff Daigle.

Desde a independência nacional, Cabo Verde teve como Presidentes Aristides Pereira (1975 a 1991), António Monteiro (1991 a 2001), Pedro Pires (2001 a 2011) e Jorge Carlos Fonseca (2011-2021). Com 61 anos de idade, José Maria Neves, antigo deputado, ex-presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, ex-presidente do PAICV e primeiro-ministro entre 2001 e 2016, era docente da Universidade de Cabo Verde até ganhar a eleição presidencial, no passado 17 de outubro, na primeira volta, com 51,7 por cento dos votos, numa votação em que havia sete candidatos.

Fonte


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit


[[Categoria:]]