Joe Biden assegura nomeação presidencial democrata

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de junho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Joe Biden em agosto de 2019

O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Joe Biden chegou hoje ao número mágico de 1.991 delegados necessários para garantir a indicação do Partido Democrata à presidência. Biden já era tratado como o "provável candidato democrata" desde a desistência do senador Bernie Sanders, em abril. Ex-senador, Biden serviu como vice-presidente de Barack Obama entre 2009 e 2017.

Biden apresentou sua candidatura em abril de 2019 afirmando que seria o candidato mais forte para enfrentar o presidente republicano Donald Trump. Sempre retratado pelas pesquisas de opinião como o candidato favorito, Biden teve sua candidatura enfraquecida pelos maus resultados obtidos nas prévias de Iowa e Nova Hampshire. No entanto, sua vitória na Carolina do Sul serviu como impulso às sua candidatura, levando-o a alcançar, na Super-terça, uma "volta por cima histórica e inacreditável na política", conforme relatado pela CNN à época.

Anteriormente, Biden já havia tentado ser o presidenciável democrata em 1988 e 2008, sem êxito em ambas as candidaturas. Agora, torna-se o candidato a presidente mais idoso de um dos grandes partidos políticos do país, com as atenções voltadas para a escolha de seu candidato a vice-presidente. Quer dizer, sua, pois Biden já se comprometeu a escolher uma mulher como companheira de chapa.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com