Japão: após longa polêmica, Princesa Mako confirma casamento com plebeu

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de outubro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Princesa Mako do Japão, filha mais velha do Príncipe Herdeiro Fumihito e de sua esposa Kiko, anunciou hoje, através de um porta-voz da Casa Imperial, que se casará com o namorado e noivo de longa-data, o plebeu Kei Komuro, no dia 26 de outubro próximo. Rumores sobre o anúncio já duravam semanas.

O noivado havia sido anunciado em maio de 2017, durante uma coletiva de imprensa, e a boda havia sido inicialmente marcada para novembro de 2018, mas uma polêmica envolvendo uma dívida que a mãe de Komuro tinha com o ex-marido e padrasto do noivo acabou fazendo com que a cerimônia fosse cancelada, após o assunto ganhar as manchetes dos jornais, não só no Japão, mas em todo mundo.

Na época, seu pai disse que o noivado nem sequer tinha acontecido, uma vez que Komuro ainda não havia cumprido todos os rituais, como a entrega de presentes aos sogros, para oficializá-lo. Seu pai voltou a falar diversas vezes sobre o assunto, sempre afirmando que os dois "devem resolver a questão". Em novembro de 2018 ele também disse que “não podemos realizar a cerimônia oficial de noivado, a menos que o público possa 'comemorar' o evento”.

Em novembro de 2020, três anos após o noivado, Mako anunciou num comunicado feito pela Casa Imperial que os planos de casamento seguiam. "É difícil anunciar algo específico neste momento, mas conversaremos com as nossas famílias para continuar com os planos do casamento. Somos insubstituíveis um para o outro", disse Mako então.

Kei mora nos Estados Unidos, onde se formou em Direito, desde 2019 e Mako deve se mudar para a América do Norte após a boda.

Referências

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit