Itaú e Unibanco não fecharão agências, diz sindicalista

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

11 de novembro de 2008

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Após o anúncio da fusão, na semana passada, o Banco Itaú e o Unibanco participaram de uma reunião na tarde de ontem (10) com os sindicatos dos bancários de São Paulo, Osasco e região, de Minas Gerais e do Rio de janeiro para decidir o futuro dos empregados dos dois bancos. Segundo Luiz Claudio Marcolino, presidente do sindicado de São Paulo, a nova instituição financeira não fechará nenhuma agência no país. "Queremos um compromisso formal de que não haverá demissões", esclarece.

Marcolino classificou a reunião de hoje como positiva "porque os bancos têm interesse no processo de negociação". "Nos anos 90, as negociações eram unilaterais e hoje há conversa com os sindicalistas", diz. Até sexta-feira, uma nova reunião deverá ser agendada para discutir os demais processos da fusão. "Os sindicatos acompanharão tudo de perto".

Fontes