Iraque aprova nova Constituição

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Atualizado em 16 de agosto de 2006 por Slade. Alterada imagem e redução de espaços. Para maiores informações veja o histórico.
Bandeira do Iraque

26 de outubro de 2005

Os eleitores iraquianos aprovaram a proposta de Constituição no referendo realizado 17 de outubro passado.

A Comissão Eleitoral Independente anunciou na terça-feira (25) que 78% dos eleitores votaram a favor da nova Constituição, enquanto 21% foram contra. Apenas em duas províncias, maioritariamente sunitas, os votos "não" prevaleceram.

O Representante da Comissão, Farid Ayar, disse que a votação foi 100% correcta e que não houve casos de fraude que pudessem afectar os resultados.

A autoridade sunita Saleh al-Mutlaq chamou o referendo de "farsa" e acusou o Governo de roubar urnas nas áreas em que a maioria da população escolheu "não".

Observadores das Nações Unidas disputam esta declaração. Uma oficial graduada, Carina Perelli, disse que o resultado foi preciso e que foi verificado pela ONU. As eleições parlamentares estão marcadas para 15 de dezembro de 2005.

Fontes