Irã liberta dois britânicos-iranianos

Fonte: Wikinotícias

16 de março de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Os cidadãos britânico-iranianos Nazanin Zaghari-Ratcliffe e Anoosheh Ashouri foram libertados pelo Irã e devem retornar à Grã-Bretanha na quarta-feira.

“Estou muito satisfeito em confirmar que a detenção injusta de Nazanin Zaghari-Ratcliffe e Anoosheh Ashoori no Irã terminou hoje e eles agora retornarão ao Reino Unido”, disse o primeiro-ministro Boris Johnson no Twitter.

Zaghari-Ratcliffe foi detida no aeroporto internacional de Teerã em abril de 2016 enquanto tentava voltar para casa com sua filha na Grã-Bretanha de uma visita a parentes no Irã. Um tribunal iraniano condenou o trabalhador de caridade em setembro a cinco anos de prisão por crimes de segurança não revelados. Ela foi acusada de conspirar para derrubar o governo iraniano.

Ashoori, nascido no Irã, foi preso em Teerã em agosto de 2017 enquanto visitava sua mãe. Ele viajou de Londres, onde ele, sua esposa, filho e filha vivem há décadas. Mais tarde, as autoridades iranianas o condenaram por espionagem para Israel e o sentenciaram a 10 anos na prisão de Evin, na capital.

A mídia estatal do Irã informou que a Grã-Bretanha havia pago ao Irã uma “dívida há muito vencida de US$ 530 milhões com Teerã.”

Grupos de direitos humanos acusaram Teerã de fazer reféns de dupla nacionalidade como moeda de troca, algo que o Irã nega.

Fontes