Irã exige repatriação de navios detidos em águas territoriais gregas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

28 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A mídia estatal iraniana informou no mês passado que o governo iraniano exigiu a devolução de seus navios detidos pelas autoridades gregas em águas gregas.

Segundo relatos, o Ministério das Relações Exteriores do Irã convocou funcionários da embaixada suíça servindo como representante dos interesses dos EUA em Teerã no dia 27 para protestar contra o incidente.

De acordo com uma reportagem da mídia estatal iraniana 'IRNA', o governo iraniano protestou contra a medida como "uma violação do direito marítimo internacional e dos tratados internacionais".

No dia 25, o Ministério das Relações Exteriores do Irã convocou um representante do embaixador grego no país em relação ao incidente.

A esse respeito, um funcionário do governo grego disse à Associated Press que "de acordo com a intervenção judicial das autoridades dos EUA na carga do navio, o petróleo bruto carregado no navio está sendo transferido para outro navio".

O petroleiro iraniano 'Lana' atracou perto da ilha de Evia, no sul da Grécia, depois de passar por problemas técnicos e mau tempo no mês passado.

As autoridades gregas detiveram o navio, alegando que transportava petróleo iraniano em violação das sanções internacionais, e sabe-se que houve um pedido dos Estados Unidos no processo.

Fontes[editar | editar código-fonte]