Ipea: 23% dos jovens brasileiros não trabalham nem estudam

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

4 de dezembro de 2018

Uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revelou que 23% dos jovens brasileiros não trabalham e nem estudam (jovens nem-nem), sendo estes na maioria mulheres e de baixa renda, é um dos maiores percentuais de jovens nessa situação entre nove países da América Latina e Caribe. Do restante, 49% se dedicam somente ao estudo, 13% só trabalham e 15% trabalham e estudam ao mesmo tempo.

Os motivo, de acordo com a pesquisa, são problemas com habilidades cognitivas e socioemocionais, falta de políticas públicas, obrigações familiares com parentes e filhos, entre outros. Quase na mesma proporção estão o México, com 25% de jovens que não estudam nem trabalham, e El Salvador, com 24%. Em situação oposta está o Chile, onde apenas 14% dos jovens pesquisados estão nessa situação. A média para a região é de 21% dos jovens, o equivalente a 20 milhões de pessoas, que não estudam nem trabalham.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com