Interpol extradita sogro do ex-presidente Mauricio Funes para El Salvador

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de maio de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Juan Carlos Guzmán Berdugo, sogro do ex-presidente Mauricio Funes e também foragido da justiça salvadorenha, foi extraditado da Costa Rica para El Salvador na quarta-feira.

Segundo o Procurador-Geral de El Salvador, o retorno de Berdugo, para ser julgado pela justiça salvadorenha, é possível graças ao trabalho coordenado com a Organização Internacional de Polícia Criminal (INTERPOL por sua sigla em inglês).

Em sua conta no Twitter, o Ministério Público escreveu que este é "o primeiro grande passo para conseguir uma estratégia anticorrupção eficaz" no país centro-americano.

Após a chegada dos acusados, o procurador-geral, Rodolfo Delgado, disse que o ex-presidente continua desaparecido. “Em relação a ele (Mauricio Funes), devemos lembrar que ele ainda é um foragido na Nicarágua, zombando dos salvadorenhos, com uma nacionalidade questionada que lhe permite ter um escudo que ofende as pessoas decentes”.

Berdugo, acusado de lavagem de dinheiro e ativos junto com outros 31 réus no caso conhecido como "Pilhagem Pública", foi capturado na Costa Rica em abril de 2019, quando viajava por aquele país a caminho do Panamá.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit