Incêndio atinge Museu Nacional do Rio de Janeiro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

2 de setembro de 2018

Fire at Museu Nacional 05.jpg

Um incêndio destruiu o Museu Nacional do Rio de Janeiro, a mais antiga instituição científica do país.

Acredita-se que a maioria dos 20 milhões de itens que ele continha, incluindo os restos humanos mais antigos já encontrados nas Américas, tenha sido destruída. O museu, localizado em um prédio que já serviu de residência para a família real portuguesa, comemorou seu 200º aniversário este ano.

A causa do incêndio não é conhecida. Nenhuma lesão foi relatada. O museu estava fechado para visitação no momento em que o incêndio começou. Por segurança, há homens também da Polícia Militar e profissionais de saúde em ambulâncias.

O Museu Nacional do Rio foi fundado por D.João VI, em 1818. É vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com perfil acadêmico e científico.

O local foi sede da primeira Assembleia Constituinte Republicana de 1889 a 1891, antes de ser destinado ao uso de museu, em 1892. O edifício é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com